PT

2018

 
COISAS QUE NÃO HÁ QUE HÁ
Estreia em 2019
Sinopse

“(...) Tantas lembranças de que não me lembro,

sítios que não sei,

invenções que não invento,

gente de vidro e de vento, países por achar,

paisagens, plantas, jardins de ar,

tudo o que eu nem posso imaginar

porque se o imaginasse já existia

embora num sítio onde só eu ia...”

in Coisas que não há que há, Manuel António Pina

 

Coisas que não há que há nasce do desejo do Coro Lira de convidar 10 compositores contemporâneos a musicarem 10 poemas do Manuel António Pina, fazendo-o para um coro de vozes infantis e juvenis. Foi aí que nós, Teatro do Frio, fomos chamados a co-desejar e co-inventar este espetáculo, ainda por existir. Coisas que não há que há  é um espetáculo entre o concerto, a apresentação coral e o teatro físico, interceptando partituras musicais, textuais e físicas.

Posteriormente à estreia, marcada para 1 de Junho de 2019, as partituras físicas e musicais serão publicadas em formato escrito, áudio e (quiçá!) vídeo, difundindo e instigando a criação contemporânea nos domínios da literatura e da música e permitindo a sua difusão no tempo e espaço.

.......

Porque muitas são ainda as coisas por saber e muitos meses a percorrer, deixamos informação para o próximo trimestre:

 

OFICINAS COISAS QUE NÃO HÁ QUE HÁ

17 Novembro, Palavra-Corpo, CulturDança, V. N. Gaia

19 Dezembro, Palavra-Imagem, Casa das Artes do Bonfim, Porto

Ficha Técnica

Encenação Catarina Lacerda Direcção Musical Raquel Couto Composição Alfredo Teixeira | Eurico Carrapatoso | Fernando Lapa | Pedro Santos | Nuno da Rocha | Tomás Marques | Ângela da Ponte | Sara Ross | Fábio Videira | Sérgio Azevedo Pianista Gonçalo Vasquez Desenho de luz João Abreu Cenografia e Figurinos Marta Bernardes Gravação de som Quico Serrano Design Susana Guiomar Produção executiva Adriana Leite

Classificação Etária

Maiores de 6

Inline popup